Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
13/03/23 às 11h12 - Atualizado em 15/03/23 às 13h16

Alunos dos centros de juventude encenam peça teatral de 10 a 12 de março

 

Montagem realizada no Teatro Sesc Newton Rossi, em Ceilândia, lotou todas as sessões

Nos dias 10, 11 e 12 de março, o Teatro Sesc Newton Rossi, em Ceilândia Norte, recebeu a peça “Equaliz – Um Eco de Integridade”. Inteiramente realizado pelos participantes de Centros de Juventude do DF, o espetáculo contou com casa cheia em todos os dias de apresentação.

Os três personagens da história embarcam em uma fantástica jornada para restabelecer o equilíbrio em um lugar utópico e cheio de mistérios. Ela mistura ficção e realidade em uma reflexão sobre os limites da integridade. Todo o trabalho é fruto da oficina de teatro do Centro de Juventude da Ceilândia.

 

Esses espaços de convivência tutelados pela Secretaria da Família e Juventude oferecem capacitação educacional, profissional, artística, cultural e esportiva para jovens de 15 a 29 anos. Todos os cursos são gratuitos. O equipamento público está presente em três regiões administrativas: Ceilândia, Estrutural e Samambaia.

 

Segundo o secretário de Família e Juventude, Rodrigo Delmasso, “As oficinas de arte ministradas pelos centros de juventude despertam nos jovens participantes a capacidade de mudar sua realidade por meio da cultura.”

 

Atualmente, os cursos de teatro das três unidades atendem pouco mais de 100 alunos, um trabalho que começou em 2019.

O professor de teatro Dill Diaz acompanha os jovens da oficina desde o primeiro dia de aula. E garante que o impacto do curso na vida dos participantes é grande. “Percebemos que muitos conseguem reconhecer seu próprio talento, fortalecer sua identidade e vencer a ansiedade em um ambiente de acolhimento e carinho”, conta Dill, que também é o diretor da peça.

 

Segundo o secretário de Família e Juventude, Rodrigo Delmasso, “As oficinas de arte ministradas pelos centros de juventude despertam nos jovens participantes a capacidade de mudar sua realidade por meio da cultura.”