Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
9/05/23 às 17h16 - Atualizado em 9/05/23 às 17h16

No DF, ações levam cidadania para quem precisa

Com apenas 63 anos de fundação, Brasília é uma das mais populosas cidades do país. Planejada para ter pouco mais de 500 mil pessoas, atualmente o Distrito Federal ostenta mais de 3 milhões de habitantes, sendo que, até o ano de 2025, a população estimada é de 3.240.000 pessoas, segundo o Cenário Demográfico publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF, antiga Codeplan). Porém, quanto maior esse número, maiores são os desafios sociais a serem enfrentados.

Sabendo disso, a Secretaria de Estado da Família e Juventude do Distrito Federal (criada em 2023 pela fusão da Secretaria Extraordinária da Família e da Secretaria de Estado de Juventude) coloca em ação diversos programas sociais para o cumprimento das políticas públicas voltadas para as pessoas mais social e economicamente vulneráveis.

Uma das ações de maior impacto são os Centros de Juventude, onde mais de 5 mil jovens foram atendidos apenas nos primeiros meses de 2023. A regularização fundiária também foi de grande importância para garantir o funcionamento legal de templos religiosos e entidades de assistência social.

Benefícios administrados pela Sedes-DF e pelo BRB

Além dos programas mencionados, existe uma série de benefícios sociais administrados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e apoio do Banco de Brasília (BRB), que amparam as famílias em situação de vulnerabilidade social. É válido lembrar que para usufruir dos benefícios é importante estar com o Cadastro Único atualizado.

Serviço

Para se inscrever no CadÚnico, basta comparecer à unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua casa, mediante agendamento pelo 156 ou pelo site da Sedes. Listamos os principais programas, veja:

  • DF Social: benefício financeiro (R$ 150,00) mensal para famílias com renda per capita de até meio salário mínimo.
  • Cartão Creche: benefício financeiro (R$ 803,57) para crianças de 0 a 3 anos de idade.
  • Mobilidade cidadã: benefício financeiro (R$ 600,00) com recebimento mensal e duração de 3 meses para donos de veículos escolares ou taxistas.
  • Cartão Gás: benefício financeiro (R$ 100,00) bimestral para famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, de acordo com a vigência do programa.
  • Prato Cheio: benefício financeiro (R$ 250,00) mensal, com duração de 9 meses, destinado a famílias com insegurança alimentar.
  • Cartão Material Escolar: benefício financeiro (de R$ 240,00 a R$ 320,00) para alunos da rede pública inscritos no programa Auxílio Brasil.

Para mais informações, acesse o site da Sedes e fique ligado sobre benefícios que estão disponíveis para você: https://www.sedes.df.gov.br/programas-e-beneficios/

 

 

 

*Texto escrito com informações do GDF.